Câncer em Cães

Câncer em Cães

Cada vez mais comum entre os pets, o câncer quanto mais cedo for descoberto mais chances o animal tem de se curar. Para falar sobre o assunto, entrevistamos Tatiane Marisis Giovani Santos, médica veterinária especializada em oncologia de pequenos animais e oncologista da AmahVet clínica veterinária. Confira:

 

 

1- Quais os tipos mais comuns de câncer em cachorros? 

Câncer de mama em fêmeas, câncer de pele e linfoma generalizado em ambos os sexos.

 

2 – Qual o mais difícil de ser tratado e o mais fácil? 

Podemos considerar que o tratamento se torna fácil quando há parceria entre tutor, oncologista e animal. O sucesso do tratamento depende dessa parceria. Claro que existem alguns tipos de câncer que têm um tratamento mais intenso do que outros, como quantidade de sessões de quimioterapia, associação de técnicas oncológicas durante a cirurgia ou até mesmo a necessidade de radioterapia.

Publicidade

 

3 – Quais os principais tratamentos para câncer em cães?

Os principais tratamentos são: cirurgia, quimioterapia, eletroquimioterapia, radioterapia e imunoterapia.

 

4 – Quais as principais causas do câncer em cães?

Não existem causas definidas para o desenvolvimento do câncer, o que há em literatura são fatores genéticos – hereditários – e/ou epigenéticos como exposição solar, poluição, fumo etc. 

 

5 – Quanto antes a doença é diagnosticada mais chances o animal tem de cura? 

Sim, quanto antes o diagnóstico for concluído e o tratamento preconizado maior chances de que a doença entre em remissão – sem alterações evidentes ao paciente.

 

 

6 – A doença é mais comum em cachorros mais velhos? Explique. 

Sim a doença é mais comum em animais idosos, pois a mutação gênica pode demorar anos para o desenvolvimento tumoral.

 

7 – Existem raças de cães que são mais propícias a ter câncer? Quais e por quê? 

Sim, existem raças mais predispostas ao câncer, entre elas, as raças mais populares como golden retriviers, pug, boxer, rottweilers e poodles.

 

Gostou das dicas? Continue nos seguindo aqui e nas redes sociais do e-animals!

Compartilhe:
9 de março de 2020 / por / em

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *