Eles chegaram no ambiente corporativo

Eles chegaram no ambiente corporativo

É cada vez mais comum empresas aceitarem animais de estimação no ambiente de trabalho. Eles ajudam a humanizar o espaço e a tornar os funcionários mais comprometidos e empenhados em suas funções. E os bichinhos ficam felizes e menos ansiosos podendo desfrutar da companhia de seus tutores. Para falar sobre o assunto, entrevistamos, abaixo, Patrícia Moraes, CEO & Founder da Olá Pet! – Vivências Pet Friendly. Confira:

 

1. Por que as empresas estão aderindo ao conceito pet friendly ou permitindo que seus colaboradores levem seus pets ao trabalho?

R: As empresas estão acompanhando a tendência mundial de inovar cada vez mais suas políticas de benefícios para ter profissionais diferenciados e mais motivados, e com isso, estão aderindo à vivência pet Friendly no ambiente de trabalho.

2. Quais são os principais benefícios para os funcionários e empresas com essa ação?

R: Entre os principais benefícios da vivência pet friendly nas empresas, têm-se melhora do relacionamento interpessoal, colaboradores mais motivados e com maior sensação de comprometimento com a empresa, minimização do estresse, retenção e atração de talentos e ambiente de trabalho mais descontraído. Além de inúmeros outros benefícios para a saúde física e emocional das pessoas, já comprovados através de diversos estudos científicos no exterior.

 

 

3. Existem pessoas que não gostam de animais de estimação. Você acha que essa prática desrespeita essas pessoas?

R: Não. O Brasil já é o segundo maior mercado pet do mundo, perdendo apenas para os Estados Unidos. Estudos mostram que os brasileiros amam seus pets como membros da família e um percentual muito baixo inclui os não amantes de pets. Sendo assim, acreditamos que existem diversas formas de implementar um projeto personalizado na empresa respeitando aqueles que preferem ficar afastados dos bichanos, mas valorizando a grande maioria do grupo que ama estar perto dos pets. As empresas pensam em números e pessoas, portanto, faz todo sentido agradar a maioria do time para colher os benefícios de uma equipe mais motivada e que veste a camisa da empresa. Acreditamos que uma vivência pet friendly planejada respeita os amantes e os não amantes de pets.

4. Para receber um animal de estimação em um ambiente de trabalho é preciso de alguns preparos e combinados entre as pessoas para um bom convívio. Quais são eles?

R: Nossos projetos são desenvolvidos com metodologia que vai desde um diagnóstico do cenário atual da empresa, até a certificação do ambiente pet friendly, passando por algumas etapas de planejamento e implementação que são fundamentais para respeito e compreensão das normas de bom convívio estabelecidas, tais como delimitação do espaço para acesso dos pets, acessórios de uso dos pets para higiene e alimentação, atenção a latidos excessivos que conflitem o ambiente de trabalho, limpeza das necessidades do pet sob a responsabilidade de seu tutor, entre outras.

Publicidade

5. Quais são os benefícios para os animais de estimação dessa prática?

R: Quem vai duvidar que estar ao lado do seu tutor durante o dia de trabalho traz melhor condição de bem-estar e saúde para os pets? Os animais que participam de uma política pet friendly dentro da empresa tornam-se mais socializados em meio ao convívio com colegas de trabalho do seu tutor e outros pets, gerando melhor qualidade de vida e menos ansiedade pelo fato de não estarem sozinhos em casa ou até mesmo em creches longe do seu tutor. Vale lembrar que tutor é o proprietário do animal. Diante do conceito de humanização e zelo pelos animais, preferimos o termo tutor, aquele que cuida e zela pela saúde física e psíquica do seu pet.

6. Existem situações em que a presença de um animal no ambiente corporativo pode atrapalhar? Quais são elas e como evitar?

R: Lógico que uma política pet friendly “oba-oba” pode atrapalhar o ambiente de trabalho em alguns momentos. Ninguém quer um cão latindo o dia todo numa sala corporativa, atrapalhando reuniões ou causando desconforto junto aos colegas de trabalho. Por isso, é muito importante a fase de diagnóstico do projeto para estabelecermos algumas diretrizes que promovam os benefícios da vivência pet friendly, trazendo ótimos resultados à empresa, colaboradores e clientes após a implementação do conceito.

 

Quer saber mais sobre o universo pet? Continue nos acompanhando por aqui e nas redes sociais do e-animals.

Compartilhe:
21 de junho de 2019 / 1 Comentário / por / em ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *