O gigante dogue alemão

O gigante dogue alemão

Também chamado de cão dinamarquês, o dogue alemão é uma raça oriunda da Alemanha. É conhecido pelo seu porte gigante, que pode chegar a medir 90 cm de altura.

Mas apesar do tamanho, o dogue alemão com seus donos são animais muito calmos, amáveis e carinhosos até mesmo com crianças. São gentis, dignos e inteligentes. Uma excelente companhia, sem apresentar comportamento agressivo. Um ótimo retrato do comportamento da raça é o Scooby-Doo, ele é um dogue alemão.

É leal e corajoso, sendo uma excelente opção como cão de guarda também, especialmente por seu tamanho intimidador – que costuma assustar as pessoas só de olhar. Apesar de desconfiado com estranhos, o dogue alemão gosta tanto de pessoas que pode fazer amizades facilmente.

O dogue alemão precisa estar ocupado e deve ter atividades físicas diárias. Gosta de caminhadas, esta é uma das melhores formas de criar um vínculo forte seu dogue alemão, e adora exercícios livres, com liberdade e espaço para se movimentar.

Os great dane, outra forma pela qual a raça é conhecida, apreciam fazer qualquer tipo de atividade junto a seus tutores.

Publicidade

 

 

Cuidados especiais

Apesar de não ser agressivo, o dogue alemão é uma raça de porte grande e, portanto, precisa de espaço, podendo destruir jardins e móveis. O ideal é que essa raça seja treinada desde cedo, tendo um lembrete constante de quais são as regras e quem está no comando da situação.

A média de vida do dogue alemão é de 10 anos e os problemas mais comuns são doença cardíaca congênita, displasia de quadril e torção gástrica.

É importante prestar atenção à alimentação do seu pet, servindo a ele duas refeições por dia e não permitindo que ele faça atividades logo após comer, evitando assim aumento de peso e problemas gástricos como a torção de estômago.

Com crescimento rápido, alguns animais da raça apresentam dores durante essa fase, sendo o mais indicado consultar um veterinário para lidar com o problema. Outro lembrete é não forçar o filhote a determinadas atividades, evitando lesões desnecessárias aos músculos e ossos do seu cão.

 

Quer saber mais sobre outras raças? Nos acompanhe aqui e nas redes sociais do e-animals!

Compartilhe:
9 de abril de 2019 / por / em

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *