Quais cuidados devemos ter ao adotar um cão ou gato?

Quais cuidados devemos ter ao adotar um cão ou gato?

A médica veterinária e diretora clínica do Grupo Vet Popular, Caroline Mouco Moretti (www.vetpopular.com.br), explica em entrevista abaixo sobre a importância do tutor saber quais são as principais providências que devem ser tomadas ao adotar um animal de estimação. E alerta: “Um pet não é um brinquedo e necessita de atenção, dedicação e carinho”. Confira:

 

1- Ao adotar um cão ou gato quais são os primeiros cuidados que devem ser tomados pelo novo dono?

Adotar é um ato de responsabilidade e alguns pontos importantes devem ser levados em consideração antes disso. Entre eles, gosto de destacar que o novo tutor precisa pesquisar sobre a raça ou espécie. É algo muito importante para estar ciente de todos os cuidados, necessidades que aquele animal, em específico, exige. Principalmente no que diz respeito ao ambiente. Além disso, ter ciência de que aquele ser fofinho precisa de todo o cuidado e carinho.

 

2- No caso de filhotes, quais são as vacinas que devem ser tomadas?

Quando filhote, o animal precisa ser vermifugado e posterior a isso dar início as vacinas, no caso dos cães são as primeiras doses de V10 e nos gatos deverão ser aplicadas a V4. Essas duas são as vacinas iniciais, que são divididas em 3 doses e são aplicadas mensalmente, outras vacinas recomendadas e de suma importância são as de Giardia, Gripe e Antirrábica. Após colocar as vacinas e o processo de vermifugação em dia, o médico veterinário irá indicar os próximos passos e quais outras vacinas são indicadas para cada pet.

 

3- A ida ao veterinário é fundamental para a avaliação da saúde do pet. O que os veterinários avaliam nos cães e gatos?

Na consulta de filhote, é feito uma avaliação geral que inclui: temperatura, ausculta, coloração de mucosas e hidratação. Além disso o histórico do paciente é muito importante para determinar o início de vacinas e vermifugação. Caso o paciente apresente alguma alteração ou patologia durante o exame clínico o veterinário irá identificar e iniciar o tratamento específico. Além disso, o veterinário irá orientar sobre as formas de manejo com o filhote e higienização do ambiente.

 

4- Quais são os cuidados que devem ser tomados no ambiente onde ficará o novo integrante da família?

Embora alguns pareçam e até mesmo sejam inteligentes e responsáveis, os animais de estimação precisam dos nossos cuidados em relação ao ambiente onde vivem. A temperatura, espaço e conforto são preocupações básicas em relação ao ambiente onde ele irá ficar, porém temos outras ameaças que são os produtos de limpeza, objetos perfurocortantes, venenos para controles de pragas e o tutor precisa ficar atento a isso. Ah, e os filhotes merecem atenção redobradas nas escadas e em outros locais que permitam uma queda.

Publicidade

 

5- No caso de cães e gatos filhotes, o que pode e o que não pode fazer? (Passeios, cuidados dentro de casa, ficarem sozinhos etc). Explique.

Os filhotes precisam mais do que uma simples cama quentinha. Assim como nós humanos, os animais bebês precisam de cuidados especiais como por exemplo a maneira de acomodar, jeito certo de dar o banho, cortar as unhas e a troca de dentição. Tome cuidado com o local que você disponibiliza para o seu animal dormir ou passar boa parte de seu tempo, em casos de locais úmidos, frios e sem luz solar a chance dele desenvolver uma hipotermia ou doenças como resfriados e pneumonias é grande. Já os passeios e a socialização com outros animais só devem ocorrer após a autorização do médico veterinário e quando as vacinas estiverem em dia.

 

dicas para adoção de cães e gatos

 

6- No caso de cães e gatos mais velhos e que já tenham passado por outras casas e tutorias, quais são os cuidados que devem ser tomados?

Independente de raça, idade ou quantidade de lares, é importante destacar que todos os animais precisam do acompanhamento de um médico veterinário. No caso de animais mais velhos, um exame de check-up é o primeiro passo para conhecera saúde do animal e verificar a existência de algum problema. Mas, se você já tem um animal de estimação e acaba adotando outro que já tem uma experiência em outros lares ou tutores, é importante que você faça essa socialização aos poucos, sempre supervisionando para que não haja conflitos entre eles.

 

7- O que é fundamental as pessoas saberem na hora de adotar um cão ou gato? Comente sobre guarda responsável.

O mais importante é saber que aquele animal é totalmente dependente de você, então tenha em mente que você deverá dedicar parte do seu tempo para ele, assim como deverá dispor de um ambiente agradável e espaçoso para o seu conforto. Não se pode esquecer que aquele animalzinho pode ficar doente e consequentemente você terá que cancelar viagens, reuniões ou qualquer outro tipo de compromisso para cuidar dele. Claro, que com o acompanhamento de um médico veterinário que junto a você irá proporcionar o melhor para o seu pet.

Animal não é brinquedo que deve nos entreter apenas quando nos convém, ele assim como uma criança merece toda nossa dedicação, atenção e amor.

 

Quer saber mais sobre o mundo animal? Continue nos acompanhado aqui e nas redes sociais do e-animals.

Compartilhe:
9 de outubro de 2019 / por / em

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *